Qual é o tipo de imóvel que você está procurando? Uma chácara, um sítio, uma fazenda, um rancho? Afinal, você sabe qual é a diferença entre esses tipos de imóveis?

Bem, vamos pelo princípio. Algum tempo atrás, as definições sobre se uma propriedade era classificada como um sítio, fazenda, chácara, estância ou rancho eram determinadas pelo tamanho da terra em metros quadrados. A definição era mais ou menos essa:

  • Chácara – propriedade de área pequena, que fica perto da cidade, com no máximo 5 mil metros
  • Sítio – já é um pouco maior que a chácara e pode chegar a ter 10, 15 a 20 hectares
  • Fazenda – área de terras muito maiores – pode ter milhares de hectares – e localizadas em regiões mais afastadas da cidade
  • Rancho – seria como uma espécie de “casa de praia do campo”, pois geralmente pode ficar perto de algum rio ou lago

Mas essas definições são diferentes dependendo da região do nosso país. Por isso, podemos dizer que as classificações são muito mais culturais do que definidas propriamente por uma regra e específica. Para diferenciar uma área rural de outra, podemos, então, citar as principais características de cada uma.

São elas:

Rancho:

Anos atrás, era considerada toda área rural afastada da propriedade principal, construída de forma rústica (bambu, cipó e barro), onde ficavam os trabalhadores rurais. Hoje, como explicado acima, são áreas próprias para turismo e em algumas regiões podem até ser também chamadas de sítio ou então de chalé.

Sítio

É a propriedade com área modesta e pode ser usada tanto para lavoura quanto para lazer. Hoje, geralmente quem tem um sítio também tem uma casa na cidade, por isso ele é mais usado aos feriados e fins de semana por pessoas que querem tranquilidade e mais contato com a natureza. Mas também pode ser considerado uma área usada para a plantação e criação de animais como sustento para famílias rurais.

Chácara

É considerada a menor das propriedades rurais em relação às anteriores. É uma área que tem uma casa para moradia, um galpão para criação de animais e um terreno onde pode se cultivar frutas e legumes para ser comercializados. Dependendo da região do país, também pode ser usada com o intuito de lazer e recreação nos dias de folga.

Fazenda

Em resumo, a fazenda é a propriedade rural destinada especificamente para a prática agrícola, pode envolver a piscicultura e a pecuária. Tem várias estruturas e é considerada a maior de todas as anteriores. Pode ter áreas específicas para a criação de gado, peixes ou outros tipos de cultivo, e pode chegar a milhares de hectares.

É importante enfatizar que, como o Brasil é um país de grandes dimensões, as áreas para definir cada um dos tipos de imóveis podem mudar.

 

Leia também: Como são classificados os imóveis rurais?

Compartilhe esse post!