A cana-de-açúcar é conhecida por suas características peculiares: uma planta fina de formato cilíndrico, folhas grandes e pode alcançar até seis metros de altura devido à quantidade de sol que recebe diariamente. Ela é cultivada em locais de clima tropical ou sub-tropical e pode se desenvolver em solos sem muitos recursos, como o cerrado por exemplo.

A plantação da cana não é uma cultura nacional, ela surgiu na ilha de Nova Guiné e se espalhou pelo mundo com a migração. No brasil, a cana chegou em 1520 com os portugueses e desde então, se tornou a principal produção do país.

A produção

Referência: StockPhotos

A planta é responsável pela produção de açúcar, álcool, melaço (que depois fabrica-se a cachaça) e mais recentemente, o etanol. É com ela que se faz dois produtos essenciais para a economia mundial: o açúcar, parte indispensável da alimentação humana, e o álcool, utilizado nas bebidas alcoólicas como a cachaça, o vinho e a cerveja, ou como combustível para abastecer os carros, também conhecido como etanol.

Praticamente toda cana-de-açúcar que o mundo produz vira álcool ou açúcar. Esse processo é relativamente simples, basta moer a cana para fazer escorrer o açúcar em estado líquido, o famoso caldo de cana. Se este caldo for fervido, o excesso de água evapora e ele se transforma em açúcar. Se ele for fermentado, vira álcool.

Benefícios da Cana-de-açúcar

Os benefícios da Cana-de-Açúcar são diversos, ela possui uma grande quantidade de nutrientes e minerais essenciais para saúde. Enquanto não refinada, ela contém magnésio, fósforo, cálcio, potássio e ferro. O processo de refinação introduz muitos ingredientes prejudiciais, como por exemplo, o dióxido de enxofre e ácido fosfórico. Alguns de seus benefícios são:

-Prevenir e tratar os sintomas da gripe e resfriado é um dos muitos benefícios da cana-de-açúcar. Ela ajuda a reduzir o congestionamento e alivia dores de garganta.

-A Cana de Açúcar é sem dúvida, um material alcalinizante. Por essa razão, é vantajoso na prevenção do câncer, como da próstata e câncer da mama. Além disso, ao contrário de açúcares refinados, cana-de-açúcar ajuda a revitalizar, energizar e hidratar o organismo após o exercício.

-A substância presente no caldo de cana é mais responsável por qualidades de recuperação de feridas e pode ajudar a promover o sistema imunológico.

Potencial de Mercado

A plantação da cana-de-açúcar sempre vai ser um potencial de mercado para os agricultores. O Brasil, por já ser conhecido como o principal produtor da planta, possui um amplo negócio na exportação. Ainda é possível vender para o mercado de alimentos, de bebidas alcoólicas e de combustíveis.

De acordo com o site da Nova Cana, veículo de comunicação especializado no setor sucroenérgetico do Brasil, desde que a cana-de-açúcar chegou ao país, ela se tornou um dos mais importantes cultivos desenvolvidos no país. Atualmente, o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking de produção de açúcar e é o maior exportador de etanol do planeta. ‘A recente busca por combustíveis renováveis que substituam o petróleo e não sejam tão agressivos ao meio ambiente faz da cana-de-açúcar um produto de importância global na procura por um desenvolvimento mais sustentável.’.

Algumas curiosidades:

– De acordo com a consultoria agrícola independente Datagro, a safra de cana-de-açúcar crescerá para 661 milhões de toneladas nas regiões Norte e Nordeste do Brasil em 2017/18. O número é 1,1% maior na comparação com os 605,5 milhões de toneladas dos dois anos anteriores;

-A cana, planta de onde retiramos o nosso tão doce açúcar, existe desde o ano 20 mil antes de Cristo;

-A planta é responsável por 80% do açúcar produzido; a maior parte do restante é feito a partir da beterraba;

-A sua origem é a Índia, mas foram os egípcios e árabes que o difundiram pelo mundo e criaram o processo de refinamento;

– Existem inúmeras variedades de cana-de-açúcar, entre as quais a crioula ou mirim, a caiana ou bourbon, a amarelinha, a caninha (usada principalmente na produção de cachaça), a prata e a rainha;

– O refinado é o açúcar branco que nós conhecemos. É inicialmente marrom, mas recebe aditivos químicos que o tornam branco. Não possui quase nenhum nutriente;

– Cada pessoa consome por dia, em média, quatro vezes mais açúcar do que o recomendado pelos médicos;

– Como estratégia de redução de custos com transporte, as áreas de cultivo de cana-de-açúcar ficam localizadas em um raio máximo de 25 km das usinas. Isso quer dizer que grande parte dos canaviais brasileiros está em São Paulo;

– Por sua forma vernacular, a cana-de-açúcar é considerada uma “gramínea” – termo derivado da palavra “gramina”, usado para designar plantas que são semelhantes à grama;

– Cana-de-açúcar em outras línguas: Em inglês: Sugarcane; em espanhol: Caña de azúcar; em francês: Canne à sucre; em alemão: Zuckerrohr; em italiano: canna da zucchero.

Referências: Nova Cana, Dicas sobre a saúde

https://www.novacana.com
http://dicassobresaude.com

Compartilhe esse post!