O relatório divulgado na quinta-feira do dia 23/11/2017 pela EMATER/RS registra que continuam aceleradas as operações de dessecação e semeadura da nova safra, onde o RS alcançou 52% da área já implantada.

Nilo Imóveis

“Em algumas situações pontuais o atraso na colheita do trigo fez com que alguns agricultores optassem por realizar o plantio logo após a dessecação dessa cultura de inverno, o que poderá trazer problemas no controle de plantas daninhas em pós-emergência, especialmente a buva, que tem apresentado resistência nos últimos anos”.

Segundo os dados, as lavouras já implantadas estão com boa germinação, porém, em algumas áreas foi observado o tombamento de plântulas devido ao vento e à chuva intensa ocasional e localizada, especialmente na região das Missões e Fronteira Noroeste. No geral as lavouras são formadas com emprego de um bom nível tecnológico por parte dos produtores, o que tem favorecido excelente desenvolvimento inicial.

No Paraná, o acompanhamento mensal da Secretaria de Cultura registra que fora implantado 97% dos 5,45 milhões de hectares previstos para esta temporada. Do total já plantado, 90% estão em condições boas/excelentes, 10% em condições médias e zero por cento em condição ruim.

 

Fontehttp://www.emater.tche.br/site/

Compartilhe esse post!