Com a confirmação da presença do secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Anacleto Ortigara, a edição do Safratec 2017, a ser promovida pela Cocamar Cooperativa Agroindustrial em sua Unidade de Difusão de Tecnologias (UDT) em Floresta, vai sediar no início da manhã de quinta-feira (19) – primeiro dia em que será liberada ao público -, a abertura oficial da safra de soja 2016/17 na região de Maringá. No dia 20, a participação será do presidente da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP), Ágide Meneguette.

A solenidade começa às 9h no pavilhão central, com a participação de autoridades, lideranças, produtores, dirigentes da Cocamar e representantes de mais de 50 empresas e instituições parceiras da cooperativa na realização. Em seguida, o secretário participa da colheita de uma lavoura no próprio recinto do Safratec, mostra que começa dia 18 (com programação nesse dia reservada exclusivamente a profissionais técnicos) e segue até sexta-feira (20) das 8h30 às 17h. O acesso é gratuito. A UDT fica a 15 quilômetros de Maringá, ao lado da PR-317, próximo a Floresta.
SAFRA – O ato do secretário é simbólico, mas representativo: o Paraná está iniciando a colheita de uma safra de soja que pode ser uma das maiores dos últimos anos. De acordo com levantamentos realizados pelo Departamento de Economia Rural (Deral) da própria Seab, as lavouras semeadas mais cedo enfrentaram déficit hídrico em outubro e início de novembro em algumas regiões do Estado, mas a maior parte delas apresenta condições normais de desenvolvimento, favorecida pela regularização das precipitações a partir de meados de novembro. A previsão do Deral é de uma safra de 18,3 milhões de toneladas de soja e 4,37 milhões de toneladas de milho.

A mostra, que acontece há 25 anos consecutivos, estima receber entre 4 mil e 5 mil visitantes e é considerada uma das mais importantes realizações tecnológicas para o agronegócio regional, apresentando uma série de trabalhos técnicos e protocolos em diferentes áreas, com foco no aumento da produtividade das lavouras.

 

Fonte: AgroLink