Os preços internos e externos da soja subiram na última semana, impulsionados pelo maior interesse comprador e por incertezas quanto ao impacto das chuvas na América do Sul, especialmente na Argentina. A informação foi divulgada na segunda-feira (23/1) pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

“No Brasil, as precipitações interromperam a colheita, impossibilitando alguns produtores de entregar lotes comprometidos com exportação. Assim, compradores estiveram mais ativos, visando principalmente completar cargas de navios programados para embarcar a oleaginosa”, diz a instituição, em nota.

Entre 13 e 20 de janeiro, o indicador do Cepea com base nos negócios no Estado do Paraná acumulou alta de 3%. Na sexta-feira passada (20/1), a referência fechou a 73,65 a saca de 60 quilos.

 

Fonte: Globo Rural