Aos poucos, a Colômbia volta aos bons tempos na produção de café. A colheita de novembro permitiu aos produtores colombianos colocar 1,65 milhão de saca nos armazéns.

Havia 18 anos que o país não conseguia um volume mensal tão grande, conforme dados da federação dos produtores de café da Colômbia. Novembro tradicionalmente é um período de aumento da produção.

No início dos anos de 1990, por exemplo, o país chegava a produzir 2,8 milhões de sacas em novembro, mas a safra estava muito concentrada no final de ano.

Das 16 milhões de sacas produzidas em 1991, por exemplo, 7,3 milhões ocorreram no último trimestre. Após a renovação dos cafezais, o país está obtendo uma safra mais homogênea durante o ano.

Nos últimos 19 meses, à exceção de março, a produção sempre superou 1 milhão de sacas por mês.

O volume maior de produção está garantindo presença mais forte dos colombianos no mercado externo. De dezembro de 2015 a novembro de 2016, a produção de café do país atingiu 14,4 milhões de sacas, segundo a federação dos produtores.

Desse volume, 12,5 milhões de sacas (87%) foram colocadas no externo.

 

Fonte: Notícias Agrícolas