Com as condições meteorológicas favoráveis, as lavouras aceleraram o processo de floração, alcançando 15% do total implantado no Estado, sendo que 2% já atingiram a fase de formação (enchimento) de grãos. No momento, a atenção dos agricultores segue direcionada para o monitorando de doenças, principalmente ferrugens e manchas foliares; além disso, dão continuidade às adubações de cobertura, em especial nas áreas semeadas no final do período recomendado pelo zoneamento agroclimático. Exceto em algumas regiões produtoras onde foi registrada baixa pluviosidade, a cultura apresenta perfilhamento vigoroso e bom aspecto, dando indícios de uma possível boa produção.

No momento os produtores que implantaram as lavouras em maio estão preocupados com os efeitos da geada ocorrida no início desta semana, que pode ter causado impacto negativo na produtividade. Cabe ressaltar que nas próximas semanas as lavouras estarão, em sua maioria, na fase suscetível às baixas temperaturas (geadas), qual seja floração/formação de grão. Não raro, ao longo dos anos, geadas neste período têm provocado severos danos à cultura.