Mato Grosso e a China firmaram compromisso para a promoção do comércio e investimentos no Estado. A intenção com a parceria é ampliar o leque de oportunidades de negócios entre os dois países, principalmente para os pequenos e médios empresários para que possam exportar diretamente para o país asiático sem a necessidade de passar por intermediários.

Empresários, Governo de Mato Grosso e representantes chineses se reúnem em Cuiabá na segunda-feira, 05 de setembro, para prospecção e atração de novos negócios. O encontro que teve início no período da manhã com o 1º Mato Grosso World Show se estende até o período da tarde com a assinatura do Termo de Compromisso para fins de promoção do comércio e do investimento no Estado de Mato Grosso.

A importância do encontro com representantes chineses em Cuiabá, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Tomczyk, é o estreitamento da relação com o país asiático, que é hoje o maior mercado consumidor do Estado. “Além da tentativa de uma abertura ainda maior desse comércio. Nós temo o foco na outra mão que é a busca de investimento chinês em Mato Grosso. Há muita coisa que pode atrair capital chinês aqui no Estado e estamos tratando aqui com ele, especificamente da Canton Fair que é a maior feira de negócios da China”.

O diretor de operações do MT Fomento, João Gebara, explica que o Termo de Compromisso é para que o Consulado de Comércio da China em parceria com a China Trade Center, com sedes em São Paulo e no país asiático, possa promover Mato Grosso e seus produtos dentro do mercado chinês.

O diretor da China Trade Center, Pan Faming, destacou que tanto Mato Grosso quanto o Brasil são importantes para o seu país, visto a produção de alimentos e por possuírem oportunidades de investimentos em diversas áreas, como infraestrutura e energia solar, por exemplo. “A China é um mercado com grande demanda por alimentos. A tendência é cada vez mais a relação entre os dois países se aproximar”, declarou.

Fonte: Agro Link