A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou, nesta sexta-feira (11), a nova expectativa de produção de grãos para o fim da safra 2014/2015. O 12º levantamento feito na safra, indica um aumento de 8,2% em relação à safra anterior, ou seja, 209,5 milhões de toneladas, enquanto na safra 2013/2014 a produção foi de 193,62 milhões de toneladas.

Entre os responsáveis por esse aumento está o milho segunda safra, que chega a 54,5 milhões de toneladas, 12,6% de crescimento em relação a 2013/2014, registrados principalmente nos estados do Sudeste, Centro-Oeste e no Paraná. E também a soja, que deve produzir 96,2 milhões de toneladas, cerca de 11,8% a mais que na safra anterior.

Apesar da redução de 10,4% na área de cultivo de trigo, a produção do grão pode chegar a 7 milhões de toneladas. Isso se deve principalmente pela recuperação da produtividade no Rio Grande do Sul, já que no Paraná e em alguns estados do Centro-Oeste e Sudeste a colheita está apenas no início.

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 a 29 de agosto, com informações de área plantada, produção e produtividade média estimadas, evolução do desenvolvimento das culturas, pacote tecnológico utilizado pelos produtores, além de evolução da colheita e outras variáveis.

Ao mesmo tempo, a Conab divulgou uma errata em relação à pesquisa publicada no dia 13 de agosto. Os números da produção de cana-de-açúcar em Minas Gerais passaram de 53,33 milhões de toneladas para 61,28 milhões de toneladas. Foi feito um reajuste nos dados referentes ao segundo levantamento da safra 2015/2016. Neste caso, a produção total nacional será de 663,11 milhões de toneladas.

As informações são do site oficial da Conab.