O Porto de Rio Grande ultrapassou o de Paranaguá em exportações de soja e está atrás apenas do Porto de Santos, é o que mostra levantamento da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec). Enquanto o terminal gaúcho foi responsável, no primeiro semestre do ano, por embarques de mais de 5,5 milhões de toneladas do grão, o porto paranaense movimentou 5,2 milhões de toneladas.

Segundo o diretor-geral da Anec, Sérgio Mendes, “os portos de Rio Grande e São Francisco do Sul, em Santa Catarina, vêm se consolidando como alternativas de escoamento de grãos na Região Sul enquanto Paranaguá continua recebendo cargas de estados do Centro-Oeste”.

A perspectiva da Anec é de que nos próximos meses os embarques de soja continuem firmes, apesar do início da temporada de exportação de milho. “Conversei com os associados, e as perspectivas de exportação estão aumentando. Tínhamos projetado 46 milhões de toneladas, depois 48 milhões de toneladas, e agora se fala em 50 a 51 milhões de toneladas em 2015”, apontou. Um dos fatores favoráveis para isso é a situação do câmbio, que está permitindo aos produtores brasileiros exportarem mais soja em 2015.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Compartilhe esse post!