No acumulado de vendas até junho o consumo de etanol hidratado chegou a 114 milhões de litros no estado do Mato Grosso do Sul, um aumento de 58,9% com relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto o consumo de gasolina caiu 5,54% no primeiro semestre de 2015 frente o de 2014. Os dados foram divulgados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Os dados apontam ainda que entre abril, quando as usinas do estado iniciaram a moagem da safra 2015/2016, e junho, o preço médio do etanol no estado recuou 4,45%, enquanto que o da gasolina, no mesmo intervalo de tempo retrocedeu 4,58% nos postos sul-mato-grossenses.

A Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), atribui o aumento das vendas de etanol no estado principalmente ao ganho de competitividade do biocombustível frente a gasolina. Em razão da diferença de poder calorífico dos combustíveis, o uso de biocombustível é vantajoso nos motores flex somente se o preço do seu litro estiver abaixo de 70% do valor do litro do combustível fóssil.

O presidente da Biosul, Roberto Hollanda, comemora o avanço: “o consumidor é atento, pesquisa e opta pelo combustível que será mais vantajoso economicamente na hora de abastecer. Ao escolher o etanol ele não só economiza como contribui para a geração de empregos e a preservação do meio ambiente”.

 

Fonte: Biosul