Lazer, conforto, produção de cachaça, pecuária – comercial e de elite – e agricultura. As propriedades comercializadas no programa Mercado da Terra desta quarta-feira são para investidores diferenciados. Em Buritis, no Noroeste mineiro, a Fazenda HB oferece uma infraestrutura impecável, aliada ao cultivo de seringueiras, extração de látex e fabricação de cachaça. No município de Terenos, Mato Grosso do Sul, terras que oportunizam a criação de gado e o cultivo agrícola.

Com 334 hectares, a propriedade de Terenos conta com uma sede completa – incluindo piscina e churrasqueira -, casa para funcionário, galpão almoxarifado, curral, pomar, pista de pouso, hangar, e quatro nascentes perenes. Do total, 234 hectares possuem estrutura para pecuária comercial e de elite e 100 para o desenvolvimento da agricultura. Quanto à logística, o especialista em comercialização de imóveis rurais Newton Cavalcanti destaca os pontos positivos:

– A fazenda fica a 30 quilômetros da capital do Mato Grosso do Sul – ou seja, Terenos é uma espécie de quintal de Campo Grande (risos). Além disso, a região possui várias unidades de abate de frigoríficos e a propriedade em questão está colada a um frigorífico da JBS – destaca Cavalcanti.

O solo argiloso, fértil, é outra vantagem da área, pois favorece a expansão de diversas culturas. A capacidade hídrica também é boa, com água em abundância.

Já em Buritis, a Fazenda HB possui 157 hectares e oferece uma estrutura completa de lazer, com sede ampla – varanda, jardim e piscina -, garagem, água de nascente, plantação de cana-de-açúcar e seringal com 60 mil árvores. Segundo Luis Henrique Pereira, consultor da Nilo Imóveis, “a rentabilidade do seringal, hoje, chega a R$ 30 mil por mês”.

– É um investimento seguro porque o seringal já está em produção e o novo proprietário não vai precisar esperar o tempo da sangria, que vai de três a quatro anos após o plantio das seringueiras – ele já começa a faturar assim que comprar a Fazenda HB – enfatiza Pereira.

Outro diferencial da propriedade é a fabricação de cachaça – já premiada, inclusive! – e a vantagem do investidor que adquirir as terras é que ele poderá contar com a consultoria do atual proprietário para orientá-lo quanto aos procedimentos de produção.

– A produção da fábrica chega a 20 mil garrafas por ano, podendo dobrar a capacidade sem mexer na estrutura, pois ela já está programada para isso – finaliza o consultor da Nilo Imóveis.

Então, bora pegar o telefone e saber mais sobre estas duas oportunidades de negócio? Contate já um dos consultores da Nilo Imóveis!