Três Lagoas (MS) é a única cidade do Brasil que recebe tanto investimento, em um único período, em época de crise. A afirmação é do secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso do Sul, Jaime Verruck, que participou da solenidade de lançamento da pedra fundamental da ampliação da fábrica de celulose, Eldorado Brasil, dia em que o município completou 100 anos.

De acordo com Verruck, hoje não existe nenhuma cidade, a não ser Três Lagoas, onde acontecem três importantes obras. De maio até agora, três indústrias anunciaram expansão: Cargill – com investimento de R$ 250 mil -, Fibria – R$ 7,7 bi – e Eldorado Brasil – 8 bilhões -. Juntos, os investimentos chegam a quase R$ 16 bilhões.

No período pico de obras dessas empresas, Três Lagoas deve gerar 60,5 mil empregos diretos e indiretos e quando forem concluídas mais de 900 pessoas devem ser empregadas.

Conforme Verruck, todo esse investimento anda contra a crise que o Brasil atravessa, inclusive, o Mato Grosso do Sul. “Três Lagoas tem três investimentos consolidados. É o maior investimento do país nesse período de crise econômica e política”, garantiu.

O secretário disse também que conversou com a prefeita do município, Márcia Moura, para oferecer o seu apoio no período em que a cidade contará com aumento populacional significativo. “A nossa ideia é oferecer todo o suporte e gerenciamento dessa fase. A última vez em que a cidade ficou superlotada, por conta de obras, nos ensinou a como agir dessa vez, por isso queremos acompanhar de perto para que o município não sofra de forma negativa esse impacto. Hoje estamos mais preparados”, disse.

Ele acredita também que o PIB da cidade terá acréscimo de 6%. “Esse crescimento é fantástico e muito representativo para Três Lagoas e todo o estado”, completou.

Fonte: Correio do Estado