O programa Mercado da Terra desta sexta-feira apresentou duas propriedades já conhecidas dos leitores do blog da Nilo Imóveis: uma em Aquidauana, no Mato Grosso do Sul, e outra em São Desidério, na Bahia. Em comum entre elas, a excelente infraestrutura hídrica e o suporte logístico.

Começamos pela propriedade que fica no coração do Brasil, no pantanal sul-mato-grossense. A fazenda em oferta em Aquidauana possui uma área de 8.680 hectares e sua infraestrutura é para investidores exigentes: tem sede principal e sede secundária (espécie de retiro), escritório, pista de pouso, casa para funcionários, refeitório, curral, um galpão para maquinários e outro para armazenamento de sal. São 12 mil animais – pecuária de cria, recria e engorda – espalhados em pastos rotacionados e com praça de alimentação e abastecidos por água.

Segundo Newton Cavalcanti, especialista em agronegócio da Nilo Imóveis, “a fazenda se beneficia com o suporte logístico, de unidades de abate e frigoríficos na região. A propriedade fica a somente cinco quilômetros da BR-419, que liga Aquidauana a Rio Negro, e existem dois frigoríficos a 85 quilômetros da fazenda. Além disso, são 210 quilômetros até Campo Grande, cidade que conta com mais unidades de abate.” – explica.

Quando o assunto é inundação, Cavalcanti ressalta que “as terras estão localizadas no bioma Pantanal da Nhecolândia, a uma altitude de 150 metros, então não há problemas”.

– O investidor que adquirir essa propriedade não vai se arrepender. O panorama para a pecuária no Complexo do Pantanal é muito favorável e além disso, nada mais compensador do que criar gado e contribuir para a preservação da natureza – conclui o consultor.

Oferta tentadora, não? Mas vamos à segunda oportunidade de investimentos do dia: a Fazenda Canta Galo, em São Desidério. Entre as características da região, destaque para a disponibilidade hídrica, excelente topografia e clima ideal para a agricultura. Na Canta Galo, a agricultura em consórcio com a pecuária é uma realidade – são 750 hectares de solo fértil e banhados pelo Rio Galheirão. Luís Henrique Pereira, consultor da Nilo Imóveis, destaca as atribuições da propriedade.

– O Oeste da Bahia é muito farto e possibilita a produção de várias culturas. Nós temos o café, o algodão, o milho, a soja, então é bem diversificado. O solo é arenoso, a topografia é plana, e a passagem do Rio Galheirão nos fundos da fazenda favorece a implantação do sistema de pivô central. Eletricidade também não é problema: a energia passa dentro da propriedade – salienta Pereira.

A localização da Canta Galo é privilegiada: fica às margens da rodovia BA-462 – que liga a Roda Velha e Barreiras – e em breve estará a menos de dois quilômetros do novo Porto Seco. A propriedade possui reserva legal averbada, georreferenciamento, está com a documentação em dia e a negociação inclui parcelamento em soja.