Com o friozinho que já invade o sul do País nesta época do ano, fica difícil não se imaginar usufruindo dos prazeres que só o inverno gaúcho proporciona. Um mate amargo no amanhecer, um café colonial bem caprichado, um fogão a lenha ou uma lareira para confortar, pinhão na chapa, cordeiro assado, vinho tinto para arrematar…aaaaah, os deleites da vida guasca!

Então que tal usufruir deste universo aconchegante o ano inteiro, e adquirir uma propriedade em solo rio-grandense? A Nilo Imóveis tem duas oportunidades de negócios em oferta – uma em Dom Pedrito e outra em Rio Pardo – e as condições de pagamento são facilitadas.

Localizado na região da Campanha Gaúcha, o município de Dom Pedrito é referência nacional em qualidade genética na pecuária e vem se destacando na produção de soja. A fazenda que está sendo comercializada na região possui 632 hectares e solo fértil para a agricultura (90% arável), havendo possibilidade de investimento em diversas culturas. Com sede funcional, galpão, mangueira e ótima capacidade hídrica, as terras ficam a 300 quilômetros de Porto Alegre e estão na rota para o Porto do Rio Grande.

O produtor rural Valter José Potter, dono da Estância Guatambu, fala com propriedade sobre as vantagens de se investir em Dom Pedrito:

– O município se caracterizava, até os anos 50, somente pela produção pecuária. A partir daí vieram imigrantes do Centro do Rio Grande do Sul, de origens alemã e italiana, e começaram a empregar a agricultura. Meu pai chegou aqui em 1958, e passou a trabalhar inicialmente com a agricultura irrigada – no caso, arroz irrigado -, porque Dom Pedrito tem muitas planícies baixas, várzeas. Hoje, o município tem a maior produtividade de arroz do Estado. Claro, isso também é reflexo da fertilidade da terra e do clima temperado, permitindo uma diversificação muito grande de culturas. Atualmente, 80% da economia da região vem da agropecuária – explica Potter.

O proprietário da Estância Guatambu investe em pecuária, produção de grãos e de vinhos.

Da Campanha vamos à região Central do Rio Grande do Sul, para Rio Pardo – outro município gaúcho com enorme potencial agrícola. Com 690 hectares, sede completa, segunda casa excelente, galpões e mangueira, a Fazenda Pederneiras está pronta para ser ocupada!

A propriedade possui ótima estrutura hídrica, com barragens para irrigação e água de rio para instalação do sistema de pivô central. Com relevo de coxilhas suaves e solo propício para a agricultura, a logística é facilitada pela proximidade da capital Porto Alegre: somente 160 quilômetros! Para Rafael Frescura, consultor da Nilo Imóveis, “o investidor só tem a ganhar ao adquirir a Pederneiras, pois além das terras pertencerem a uma região de grande expansão de soja, o clima e o tempo também são aliados para o cultivo do grão e de outras culturas”.