Lazer, produção de cachaça, pecuária e agricultura. As propriedades ofertadas no programa Mercado da Terra desta quarta-feira são para investidores diferenciados. Em Buritis, no Noroeste mineiro, a Fazenda HB oferece uma infraestrutura impecável, aliada ao cultivo de seringueiras e fabricação de cachaça. Já a Fazenda Barreiro do Campo, em Presidente Olegário, oportuniza a criação de gado e o investimento em agricultura.

Com uma área de 157 hectares, a HB possui sede completa para lazer, garagem ampla, água de nascente, plantação de cana-de-açúcar e seringal com 60 mil árvores. O destaque da fazenda vai para a fabricação de cachaça – já premiada, inclusive! – e o investidor que adquirir as terras poderá contar com a consultoria do atual proprietário para orientá-lo quanto aos procedimentos de produção.

As condições de pagamento da HB também são facilitadas: a negociação inclui uma entrada e parcelamento do restante do valor a ser quitado com a própria receita da produção de cachaça. Barbada, não?

Já a Fazenda Barreiro do Campo, em Presidente Olegário, possui extensão 2.124 hectares, com aptidão para a pecuária – de corte e de leite – e agricultura. A propriedade dispõe de sede principal, retiro (espécie de segunda sede), duas represas com vazão de quase 1.000 litros por segundo e rede elétrica ao lado das represas.

Quanto à logística, o especialista em comercialização de terras Newton Cavalcanti ressalta que a Barreiro do Campo fica às margens da MG-410 e da MG-740, e com acesso para a BR-354 e a BR-267. “O município de Presidente Olegário fica próximo à Patos de Minas, pouco mais de 20 quilômetros, e está colado ao Triângulo Mineiro, perto de Uberaba e Uberlândia” – conclui Cavalcanti.

A propriedade possui solo fértil para as culturas de café, milho, algodão, soja e tomate.

Mais informações você encontra no site do programa Mercado da Terra e com os consultores da Nilo Imóveis.