A vacinação contra febre aftosa na área de fronteira de Mato Grosso do Sul, uma delimitação que compreende treze municípios, começou na quarta-feira, dia 1º de abril. A imunização vai até 15 de maio e abrange aproximadamente 650 mil animais, de mamando a caducando. A FAMASUL – Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul – alerta para o prazo final da declaração da vacina, que termina no dia 01 de junho.

A região é livre de aftosa com vacinação desde 2011, mas o médico veterinário do Sistema FAMASUL Horácio Tinoco, ressalta que a condição depende de uma ação contínua. “Os produtores rurais precisam continuar o trabalho de prevenção para manter o status que é reconhecido pela OIE – Organização Mundial de Saúde Animal – e abre portas para que a nossa carne bovina conquiste um espaço de cada vez maior no mercado internacional”, ressalta.

A fronteira sul-mato-grossense compreende os municípios de Antônio João, Japorã, Mundo Novo, Aral Moreira, Bela Vista, Caracol, Coronel Sapucaia, Corumbá, Ladário, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Sete Quedas. “Os produtores destes municípios têm tomado todas as medidas sanitárias necessárias para o fortalecimento do setor. Exemplo deste trabalho é que o índice de cobertura vacinal na região ultrapassa 98%”, afirma Tinoco. O reconhecimento do status, ressalta, é resultado do trabalho realizado pelos pecuaristas do Estado, com a orientação da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Na região do Planalto, a vacinação vai do dia 4 de maio a 8 de junho. No Pantanal, para os optantes da etapa de maio, inicia também no dia 4 e vai até o dia 17 de junho.

O calendário é diferenciado por determinação da Agência, resultado de estudos epidemiológicos das diferentes regiões produtoras.  A mudança na vacinação da aftosa  para todo o rebanho do Planalto, passando de novembro para maio, ocorreu em  2012, atendendo demanda dos produtores e defendida pela Famasul, por ser este o período mais adequado para reunir e vacinar o rebanho das propriedades.

Fontes: Famasul e Canal do Produtor

Compartilhe esse post!