Um dos destaques do programa Giro da Terra da última quarta-feira (04) foi para a região Centro-Oeste do Brasil. A região vive uma ótima fase na produção de pecuária e agricultura, realidade que favorece a comercialização de terras. Os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal estão em evidência.

A região tem uma participação significativa no cenário nacional quanto à produção agropecuária, uma vez que a cada ano os índices de produtividade se elevam. Isso tem ocorrido em razão de investimentos em tecnologias, especialmente naquelas propriedades de produção tradicional. Os recursos são aplicados na compra de maquinários, insumos agrícolas, e na utilização de mão-de-obra especializada (técnicos) no desenvolvimento das atividades.

Este cenário coloca as terras do Centro-Oeste em evidência quando falamos em comercialização do hectare. O especialista em compra e venda de propriedades rurais, Nilo Ourique, comentou: “Comprar terras no Centro-Oeste é um ótimo investimento, o mercado está superaquecido. Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul juntos representam a maior parte do PIB do agronegócio brasileiro”, ressalta.

Na sojicultora, o Mato Grosso é o maior produtor do País, com 29% de toda a produção. O estado é um dos principais responsáveis pelo bom desempenho da agricultura brasileira. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) o Brasil registrou na safra de 2013/2014 a produção de mais de 193 milhões de toneladas de grãos, 2,6% maior do que a obtida na safra anterior.

Confira o programa Giro da Terra em nosso canal no Youtube:http://bit.ly/canalNILORURAL.