Na última sexta-feira (27) o programa Giro da Terra destacou as características de uma propriedade localizada na rica e produtiva região de Cristalina (GO), cidade conhecida por ser a capital nacional do pivô central. A fazenda que está à venda conta com preços médios de terras pecuárias em torno de R$ 7.500 e de terras agrícolas em torno de R$ 18.000.

Segundo o consultor da Nilo Imóveis, Luis Henrique Pereira, esta propriedade é uma ótima oportunidade para negócio porque trabalha com a pecuária, como a região de Cristalina é muito rica em pivô central, há uma facilidade muito grande para o comprador modificar o que está sendo trabalhado hoje: “Ela é rica em água, possui ótimos recursos hídricos. Além disso a região é muito produtiva,  são mais de 30 tipos de produtos produzidos nesta região, isso facilita muito para o comprador abrir o leque de investimentos”, afirma o Consultor.

A Somar Metereologia ressaltou o clima e tempo da região que tem um bom comportamento climático ao longo do ano. De acordo com a Meteorologista, Desirée Brandt, as estações desta região são muito bem definidas, no meio do ano para de chover, mas no final e no começo do ano sempre possui chuva, até porque é a região central do Brasil que é favorecida pela Amazônia, sempre tem áreas de instabilidade se espalhando por ela: “As temperaturas diminuem no meio do ano, mas durante as tardes são bem altas, o que garante uma boa luminosidade”, explica a Meteorologista.

A propriedade que conta com 586 hectares de terras, possui excelente logística, fica perto da BR060 que é um dos principais corredores do escoamento de safra no país. Ainda de acordo com Luis Henrique Pereira, a propriedade é privilegiada porque possui dois corredores para chegar até ela e  fica muito próxima ao asfalto. As distâncias percorridas são fatores muito importantes na hora de tomar uma decisão sobre o investimento”, comenta o Consultor.

O programa de compra e venda de propriedades rurais Giro da Terra é exibido todas as segundas, quartas e sextas, a partir das 8h, pelo Canal Rural.

Compartilhe esse post!